Ainda não há comentários

Todo Poderoso, mas acima de tudo, ÚNICO

Texto Bíblico:

Colossenses 1: 15-19.

15 – O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;

16 – Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.

17 – E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.

18 – E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.

19 – Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse


Existe uma questão importante na Bíblia: imagem de Deus, unigênito de Deus, idolatria, outros deuses ou várias formas de adorar a Deus. Qualquer pessoa, em algum momento chama por Deus. Algumas fazem o sinal da cruz, dizem nomes de santos. Basta pressionarmos alguém que o nome de Deus sai da sua boca.

Pessoas usam roupas com o nome d’Ele. Adesivam carros e casas. Deus está no nosso dia-a-dia. De alguma maneira ou outra, Ele participa da nossa vida com expressões como: Deus te ajude, Deus lhe pague, Deus te abençoe. Existe o deus dos muçulmanos, dos crentes e católicos. Dizem que todos veneramos o mesmo deus, apenas com nomes diferentes.

Muitas pessoas compartilham da ideia de que o importante é que você tenha uma religião. Em outras palavras: todos os caminhos, sendo bons, levam a Deus. Há uma preocupação em agradar a todos, sejam eles cristãos, muçulmanos ou judeus. Isso acontece porque pensamos que havendo paz entre as religiões, haverá paz entre toda a humanidade.

É difícil entender que pessoas usam o nome de Deus para legitimar massacres, guerras e mortes. Estamos falando da legitimação da Ditadura, por exemplo, quando podia-se prender, torturar e matar. Qualquer imagem de Deus, invocada para justificar as mortes não faria nenhuma diferença entre outros deuses. Isso é um erro teológico enorme. Se chegarmos a dizer que nosso Deus é o Deus Todo Poderoso, chego ao ponto de considerar a existência de outros deuses, menores que Deus, mas que existem. Deus precisa ser ÚNICO, além de Todo Poderoso. A este único Deus é que devemos buscar de todo o coração.

No Velho Testamento, Deus ordenou matar pessoas e animais. Saul foi tido como rebelde porque não matou os animais que deveria. O que Deus está ensinando aqui é sobre contaminação.

O Deus que nós servimos, supre todas as nossas necessidades. Mesmo que em algum momento, pareça adversidade, mesmo que as pessoas não sejam honestas com você e você precise ser honesto com as pessoas, Deus permanece fiel a você. Nas guerras, promovidas em nome de Deus, seus defensores justificam seus atos pelas imagens que eles veneram. São imagens que eles confundem com o próprio Deus, o que se aproxima da idolatria. Idolatria não se refere apenas a imagens, mas a forma como buscamos a Deus. Isso não se trata de Deus, mas de religião.

Não se pode encontrar Deus em qualquer imagem. Qual é a imagem de Deus? Do Deus invisível? O PRIMOGÊNITO de toda a criação (Leia Colossenses 1:15-19). O primogênito é JESUS. Como conhecer o Deus invisível? Por meio do filho, Jesus, o primogênito. É nisso que consiste a fé cristã, conectar-se a Deus, por meio de Jesus. Enxergar Deus, o Pai, através do filho. Jesus é nossa referência de Deus. Jesus nunca mandou matar ninguém ou destruir aldeias inteiras. Jesus veio para dar vida e não para matar. Ele é a imagem correta de Deus, Todo Poderoso, mas acima de tudo, ÚNICO.

Se você deseja saber como é Deus, olhe para Jesus. Siga os passos d’Ele. Não se trata dos deuses ou das imagens que os homens projetam, mas de Jesus ser a ÚNICA imagem de Deus para mim e para você. O que é invisível, torna-se visível e toma forma, em Jesus, o filho do homem que veio salvar o perdido e pecador. Não veio matar, mas dá vida e vida em abundância.

Deus te abençoe.

Apóstolo Anselmo Valadão

Publicar um comentário