Ainda não há comentários

Profetas – do coração de Deus para o seu.

Hebreus 1: 1- 4

1 – Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,

2 – A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.

3 – O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;

4 – Feito tanto mais excelente do que os anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles.

O que é ser um profeta? Pensamos que eles são pessoas que anunciam o futuro. Não é apenas isso. Quando compreendermos a verdade, não seremos enganados. Todos querem saber o futuro. Jogam-se conchas para cima e a forma como caem significa algo. Até mesmo borra de café dizem que revela o futuro. Mas o que a Bíblia diz sobre isso?

O texto acima é muito claro. Deus fala por intermédio de profetas, conforme o verso primeiro. O autor continua a dizer que Jesus foi o maior deles, sendo Ele o próprio filho de Deus. O termo profeta sempre associamos a previsões futurísticas. Porém, Deus falava aos pais também. Pensamos que o profeta é um vidente. Nem sempre ele traz uma palavra sobre o futuro, mas sempre o que Deus deseja compartilhar com seu povo. O profeta fala do que Deus quer que você saiba, hoje.

Qual a necessidade de saber sobre o próximo século, se nem sei se estarei presente naquele tempo? A palavra hebraica para “profeta” é Nabi e fala de pessoas videntes, pessoas que viam o futuro. Ro’er – é outro radical hebraico que dá nome a alguém que descreve o presente. Trazendo a Palavra de Deus para o tempo oportuno.

Deus fala com o povo pelo profeta. Estes profetas não eram como papagaios, repetidores do que Deus falava, mas quem entendia o que se passava no coração de Deus e falava ao povo.

Vamos estudar 3 profetas na Bíblia.

Isaias 20:1-6 – quem é o profeta? Isaías foi quem andou nu, durante 3 anos, e também descalço. Deus queria falar ao povo. Ele coloca o profeta no status dos egípcios e etíopes. Estes saíram de sua terra, nesta mesma condição. O profeta passa a viver o que o povo viveria num futuro próximo. O profeta vai transmitir o que está no coração de Deus para o coração do povo. Invés de confiar em Deus, os israelitas faziam alianças com egípcios e etíopes. Deus se sentiu ressentido com isso.

Jeremias 13: 1-11. Deus fala ao coração do profeta. O profeta ouve o coração de Deus. Este profeta pega um cinto, podre e cinge seus lombos. Sem mais utilidade agora, o cinto traz mais vergonha que beleza. Deus compartilha seu coração com o profeta: este povo está apodrecido, da mesma forma que sua aliança comigo. O profeta vai ao coração de Deus, ouve deste coração e compartilha com o povo, naquele momento.

Oséias 1: 1-11. Este profeta casa com uma prostituta e tem filhos com ela. São três filhos: Não-meu-filho, Desfavorecida, Não-meu-povo. Essa é a consequência da traição: falta de identidade e capacidade de reconhecer seus filhos. Às vezes, a vergonha é tanta que sua vontade é colocar seus filhos para fora de casa. Eles não são dignos de viver ali, nem de levar seu nome. Esta era a situação de Oséias. Como deve ser a dor de um pai, chamar seu próprio filho de sem valor ou vagabundo.

O ofício do profeta é de dor e humilhação em relação às pessoas e tudo o que se vive hoje. Fala ao Pai, ao filho, ao homem, mulher, jovem, velho e a todas as pessoas. Deus não compartilha sua palavra, mas seu coração e sua dor. Deus leva o profeta a entender o seu coração, sentir o que Ele sente. Não é um papel de conforto, status, reconhecimento, fama e beleza, mas de dor e vergonha. Significa sentir o coração de Deus e falar ao seu povo.

Deus então decide trazer o maior dos profetas: JESUS. Jesus poderia ter vindo com muitas glórias e anjos, mas Deus o fez nascer de um útero de uma mulher. Ele seria cuspido, humilhado, açoitado e ainda morreria numa cruz. O maior dos profetas não o foi pela glória, fama ou nascimento, mas pelo seu tipo de morte. Quem mais poderia saber o coração do Pai, senão o filho? Por isso Jesus é o maior dos profetas, porque entende o coração de Deus.

Jerusalém, Jerusalém, como gostaria de ajuntá-lo como a galinha o faz. Você, que mata os profetas. Quem disse essas palavras? Jesus? O Pai, Ele mesmo disse tudo isso, por meio do seu filho e profeta Jesus. Por isso ele é o maior de todos os profetas porque ele sabia chorar o choro de Deus. Jesus identifica e entende o coração do homem, mas também conhece o coração do Pai. Deus não quer palavras genéricas, para todo o povo, mas para cada pessoa, mesmo em meio à multidão.

John Scott diz que não temos autorização de falar de Deus para uma pessoa, sem antes falarmos para Deus sobre esta pessoa. A palavra hoje não é genérica, é para o seu coração. Na visão desta igreja e ministério, como igreja de Atos, falamos das pessoas para Deus, não na coletividade, mas um de cada vez, nome por nome, pessoa por pessoa. Tome o coração da pessoa e leve-o a Deus. É assim que compreendemos e praticamos como Igreja de Atos.

Se você tem alguém que te leva à presença de Deus, que ora por você todos os dias, considere-o, honre-o, respeite-o, porque é um instrumento de Deus para sua vida. Deus fala no seu coração, por meio de pessoas e intercessões.

Parafraseando I João 4:20…

Como você pode dizer que ouve a voz de Deus se não consegue ouvir a voz do seu irmão ou líder de célula? Como isso é possível, se você não ouve as pessoas que cuidam, oram e intercedem por você? Quando a palavra é de Deus, você sente no fundo do seu coração que vem do Pai, porque Jesus disse que suas ovelhas ouvem a sua voz e O seguem. O que nos guia é o coração no Pai, nas veredas da Justiça. Cuidado com os profetas de palavras genéricas. Deus fala diretamente a você e sabe seu nome. A mensagem precisa ter seu nome. Cuidado com quem age diferente disso. Deus nunca deixará você sem direção. Creia nos seus profetas e prosperarei. ( II Crônicas 20:20)

Deus te abençoe.

Ap. Anselmo Valadão

Publicar um comentário