Ainda não há comentários

A mão de Deus sobre sua cabeça

Texto bíblico:

Juízes 13: 1 – 14

Josué, após a morte de Moisés, se torna o novo líder de Israel. Diante do contexto histórico da nação, este orienta a todos que vivam debaixo dos mandamentos do Senhor. “Eu e minha casa serviremos ao Senhor” e todos vocês devem fazer o mesmo, sem desviar os seus olhos do Senhor. Mas depois de 110 anos, Josué morre e inicia um tempo de transição em Israel. Começa o tempo dos juízes. Como Déboa, Jefté e também Sansão.

Jz 16:30 – ele matou mais homens em sua morte do que em sua vida. Assim estava o epitáfio de Sansão.

Neste tempo, uma vida espiritual cíclica inicia-se. Um período de: prosperidade, pecado, escravidão e libertação se arrastam por vários anos. Mas numa dessas intervenções divinas por libertação, nasce Sansão, de mãe estéril. Deus sempre usa um útero seco para gerar libertadores. Como nazireu, o homem não podia cortar o cabelo ou barba, beber bebida forte nem tocar em cadáver.

Sansão começa a se engraçar por uma filistéia chamada Dalila. Um homem fruto de um milagre, nascido para libertar um povo começa um romance letal. A partir desse momento, começam os problemas. (Leia Jz. 16: 1- 4).

O verso 5 diz que Dalila recebeu muito dinheiro para enganar Sansão. Ela esquece seus “sentimentos”. Por três vezes a mulher tenta enganá-lo, sem sucesso. O discurso de Dalila é que Sansão não a amava porque lhe faltava com a verdade. Depois de muito insistir, Sansão é vencido. (Verso 17 – o segredo é revelado). Sansão diz o segredo à mulher. Ela lhe corta o cabelo e Sansão perde sua força: o Senhor se retirou dele.

Podemos aprender muito com história de Sansão, inclusive sobe o que não fazer. Sete estágios da queda. Como um indivíduo pode perder sua unção e ser tornar um brinquedo nas mãos do inimigo?

1) Flerte – a pessoa que aproveita a situação sem perder o controle. Esta pessoa não se compromete. Não se pisa com os dois pés. Abre-se uma janela, pela qual de vez quando as pessoas olham por ela. Não há compromisso. Trata-se de uma gaveta da vida, da sua história que é aberta de vez em quando. Estou dentro e logo estou fora, continuando meu caminho. Não vou trocar a minha vida por uma coisa séria.

2) Ilusão ou autoengano – antes você achava que tinha controle. Sansão chega a brincar com Dalila e com o perigo. Verso 20 – a pessoa acha que sai dessa gaveta quando quiser: “mais uma vez farei Dalila de boba”. Ele vai caindo nas teias da Dalila. Sansão já não tinha mais domínio de si. Ele não conseguia mais vencer aquele pecado ou fechar aquela gaveta. Não dava mais para sair. Nesse momento os filisteus o prendem.

3) Fragilidade – ele perdeu a força, o controle dos seus pensamentos, dos sentimentos e da vida. Estava preso e sem força. Você entra na situação, inicia com um flerte, encontra-se iludido, mas agora está frágil, está amarrado e preso pelo inimigo. (verso 21).

4) Cegueira – verso 21. Sansão perdeu a racionalidade, a visão. Ele não enxerga mais. Perdeu a noção do ridículo. Não consegue se lembrar dos detalhes que o levaram até àquela situação. As pessoas nos advertem, mas sempre arrumamos desculpas e justificativas. Esta é uma pessoa néscia.

5) Escravidão – Sansão agora é um escravo, preso com algemas. Você faz tudo o que ele (a) quer. Está preso (a) e dominado pela situação. As algemas de hoje tem vários formatos e imagens. Somos amarrados aos passeios, presentes.

Os inimigos pedem que o tragam para fazer dele a diversão para todos.

6) Escárnio – o inimigo começa a escarnecer de Sansão. Fizeram o mesmo com Jesus na cruz. Ele não foi apenas para Sansão. Este estágio precede o último:

7) Escândalo – este faz referência ao próprio Deus. (verso 23) – Sansão era o escárnio, mas o Deus de Sansão é escandalizado. Quando você cai, Deus cai com você. Todos sempre questionam: onde está aquele Deus que você servia? Sansão não apenas perdeu Deus. Dagom ficou mais famoso que o Deus de Israel.

Passamos pela mesma situação. Abrimos a gaveta achando que poderemos fechá-la sempre que quisermos. Alguns bebem e dizem que podem parar sempre que quiserem. As pessoas olham para elas e começam a zombar de Deus. Os inimigos riem e os amigos choram. Os amigos choram com você, mas os inimigos zombam do seu Deus.

Verso 25 – 28. Sansão clamou, ou seja, gritou por Deus com toda a sua força. Ele ora: lembra de mim, oh Deus. Deus nunca se esqueceu dele, sempre esteve ao lado dele. Deus nunca o abandonou, mas ele sim. Andou por caminhos que o afastaram da sua presença.

Dá-me força mais uma vez: Deus quer dar força a ele sempre, por toda a vida. Deus não quer te dar a última oportunidade, mas quer ser sempre o motivo de vitória.

Que eu morra com os filisteus: Deus diria, não quero que você morra, mas que você viva e governe este povo com o que você aprendeu. Ensine tudo o que aprendeu.

Deus atende a essa oração. Primeiro acontece arrependimento. Depois Sansão mostra dependência (dá-me força outra vez, a força dele vinha de Deus). Tudo é de Deus. A unção, força, graça , riqueza. Em terceiro lugar, Sansão se disponibiliza para Deus, inclusive para morrer, se for preciso. Estou pronto pra estabelecer sua glória e mostrar que o Senhor é Deus todo poderoso.

Deus está esperando seu grito para se levantar em seu favor. Deus não ri de você, não zomba ou o chama de palhaço. A grande força de Sansão vem de Deus. O cabelo de Sansão não dava força a ele. De onde vinha a força? Da aliança que Sansão tinha com Deus: não rapar a cabeça era a aliança que tinha com Deus.

A quebra da aliança permitiu a sua derrota. (Leia Jz. 13:24 – 26). Sansão você é forte não porque tem cabelo forte, mas por causa da aliança com o Senhor. O segredo é Deus. Se você está consciente do segredo, você sabe de onde vem a sua força. Não do seu cabelo, mas da mão de Deus sobre sua cabeça.

Essa mensagem é para dois endereços. Para quem está de pé, saiba que toda a sua força está em Deus. O outro endereço é para você que está caído. Faça a oração correta para que Deus te levante outra vez. Deixe Deus acender o fogo em você outra vez. Busque arrependimento, dependência e disponibilidade e viva o melhor de Deus para sua vida.

Deus te abençoe.

Apóstolo Anselmo Valadão.

Publicar um comentário