Ainda não há comentários

A começar pelo seu lar

Texto: Efésios 5:16,17

15 – Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios,

16 – Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.

17 – Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.

Temos aprendido que quando honramos nossos lideres, Deus nos coloca também em posição de honra. Hoje, ensinaremos sobre família. Na passagem citada, Paulo começa a discorrer sobre as funções de cada membro da família. Se naquele tempo os dias eram maus, hoje mais ainda. Portanto, não devemos andar como insensatos, mas agir com sabedoria. Não importa o que aconteça ao nosso redor, nossa família deve estar fundamentada nos princípios de Deus.

Hoje, existe um grande mover de malignidade. As pessoas deixam passar certas coisas que não deveriam e as famílias estão se deteriorando. Não queremos ser primitivos, ultrapassados ou arcaicos, mas devemos retomar os princípios para que não percamos nossos familiares para uma sociedade sem princípios. Hoje, os pais não têm mais autoridade sobre os filhos, pois esta foi esquecida dentro dos lares. A partir de nós filhos de Deus, os termômetros desse mundo, é que a mudança acontecerá, para o bem ou para o mal.

Se não ensinarmos aos da nossa casa o que é autoridade, perderemos todos para este mundo que não tem princípios ou valores que não condizem com os ensinamentos bíblicos. Se deixarmos os amigos, os de fora, a mídia manipularem nossos parentes, estaremos à beira do fim.

O que aprendemos em nossa casa é a base do que seremos fora dela. Nosso ministério sempre será um reflexo do que somos em casa. Dessa forma, não devemos desistir dos princípios. Quanto aos jovens, estes devem obedecer aos pais, não importa como eles sejam, crentes ou não. Deus nunca elimina princípios, por ser um Deus de honra. Por vivermos em estruturas, sempre estaremos debaixo de uma autoridade. Dentro da estrutura existe uma hierarquia. A partir de 2 pessoas, alguém lidera e alguem obedece. Hoje, dentro das casas não existe diferença entre pai e filho. A voz do pai não tem mais valor. Existe mais questionamento do que obediência.

Por mais que os princípios do passado pareçam mais antigos, a geração dos anos anteriores foram mais bem-sucedidas. Toda autoridade foi instituída por Deus, portanto deve ser obedecida. É preciso ter clareza sobre quem manda e quem obedece. Hoje em dia, todos querem dar um jeitinho de justificar qualquer atitude que vá fora da autoridade. O que somos na igreja é reflexo do que somos em casa, com nossos familiares. A dificuldade em ouvir a voz do pai, em casa, uma autoridade sobre sua vida, impedirá de reconhecer a voz de Deus, a maior autoridade de todas. Se não houver a misericórdia de Deus sobre esta casa, tudo irá mal.

Na nossa casa precisamos aprender sobre quem manda. Assim, na igreja, na célula e em todos os lugares, a obediência e autoridade reinarão sobre todos. Na ocasião em que Pedro obedece a Jesus, lançando a rede do outro lado do barco, ele o faz por causa do reconhecimento da autoridade e confiança na pessoa de Jesus.

Primeiro eu obedeço, depois discuto, se houver necessidade. Hoje, nos socializamos demais, deixando os princípios de fora entrarem em nossos lares. Outra coisa importante além da hierarquia é a responsabilidade. Saber qual a sua parte no processo e até saber a parte do outro, nos permitirá alcançar vitória. O que é minha responsabilidade e do outro? Dentro de uma casa, se um pai ou mãe não consegue fazer com que os filhos cumpram com suas responsabilidades, acontece uma inversão de papéis, os filhos que deveriam ser alvos de amor, se tornam alvos dos problemas dos adultos. É necessário entender o papel de cada um dentro do lar. O papel do filho é dele e o do pai é dele.

Em pequenas responsabilidades que fazemos para nossos filhos, os impedimos de aprender o seu papel que vai se repetir mais tarde, no meio secular. Precisamos demarcar os espaços. Não jogue para cima de outro os seus problemas. Precisamos de ajuda sim, mas precisamos aprender a ter autonomia e aprender a resolver nossos próprios problemas.

Como está o seu coração é assim que você fará o seu serviço, em qualquer lugar. Serviço não é ajuda, cooperação ou caridade. É serviço mesmo. Não é apenas uma palavra pesada, que não querendo dar um tom pesado, trocamos por caridade, solidariedade. Serviço é trabalho pesado mesmo. A Bíblia nos chama de escravos. Serviço, no grego fala de ser escravo. Significa aquilo que dói mesmo.

O que me prende na minha zona de conforto ainda? O serviço começa em casa. Outra coisa importante a considerar é a alegria. Infelizmente esta tem acabado em nossas casas. Às vezes, em nossos relacionamentos, precisamos alinhar nossos sentimentos dentro da nossa casa. É necessário encontrar aconchego para todos no nosso lar. A Bíblia diz que melhor é dar do que receber. É precisamos aprender a nos alegrar uns com os outros, em família. Se você não consegue ver alegria em tudo o que você faz na igreja, está ensinando isso aos filhos. Pais tomem cuidado. Você está ensinando ao seu filho isso tudo e mais tarde, ele não irá querer fazer parte disso também.

Outra coisa: realização. Precisamos nos realizar naquilo que fazemos. Como fazer tudo na igreja e como participar de tudo? É porque nisso está nossa realização, isso é nossa vida. Você é modelo para seus filhos.

Outra coisa que precisamos ensinar aos nossos filhos é vocação. Na parábola dos talentos vemos que todos temos talentos. Contudo, o que não fomos, queremos que nossos filhos sejam. Eles são únicos e com talentos que não são os nossos. Ninguém tem todas as inteligências. São vários tipos e ninguém é soberano em todas. Pare de exigir que seu filho seja bom em tudo. Você quer que no futuro aconteça uma mágica, mas não quer investir em seu futuro. Acompanhe seus filhos. Dê subsídios, recursos para eles desenvolverem seus próprios talentos. Em casa, é o lugar onde você deve alimentar os sonhos dos seus filhos.

Mas e quanto àqueles que já estão adultos e não tiveram nada disso em sua infância? Que vivem determinadas situações ainda? Existe a GRAÇA derramada em nós, por meio de Jesus. Viva dependente dessa Graça, favor imerecido e cuide para que os princípios de Deus nunca se afastem de sua casa, local de trabalho, escola ou faculdade, acima de tudo, que sempre sejaM evidentes em sua VIDA. Então tudo irá bem com você.

Deus abençoe a todos.

Pastora Di

Publicar um comentário