Ainda não há comentários

Creia no Deus da promessa.

Salmos 24:1-6

1 – Do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam.

2 – Porque ele a fundou sobre os mares, e a firmou sobre os rios.

3 – Quem subirá ao monte do SENHOR, ou quem estará no seu lugar santo?

4 – Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente.

5 – Este receberá a bênção do SENHOR e a justiça do Deus da sua salvação.

6 – Esta é a geração daqueles que buscam, daqueles que buscam a tua face, ó Deus de Jacó.

Quem tem condições de subir ao monte do Senhor? Se você se sente pronto, não levante sua mão para não constranger as pessoas do lado. Quem é esse que tem um coração puro? Quem nunca teve um pensamento ruim? Creio que a partir dos 7 anos as crianças perdem a inocência.

Contudo, o versículo 6 fala sobre a geração que busca a face do Deus de Jacó. Precisamos então entender quem era esse Deus, mas antes precisamos conhecer Jacó. Jacó era gêmeo de Esaú e ainda no ventre da sua mãe já tinha uma promessa para sua vida. Ele seria escolhido por Deus como o primogênito, mesmo tendo nascido depois.

Jacó sabia da promessa de Deus. Raquel e Isaque sabiam da promessa de Deus sobre o filho, que este seria o mais forte. Rebeca, ao saber que Isaque se preparava para abençoar o filho primogênito, no caso Esaú, resolve ajudar a Deus, dar uma mãozinha pra Ele e o filho. Isaque está velho, cego, mas deseja abençoar o filho mais velho. Rebeca se junta a Jacó e conversam sobre como se apropriaram da Benção da Primogenitura.

A mãe mata um cabrito, prepara-o com o mesmo tempero de Esaú. Jacó veste a roupa do irmão e com a pele do animal vai até o pai e recebe a benção dele. Temos uma tendência errada de querer ajudar tudo e todos, inclusive Deus. Rebeca teria sido considerada trapaceira ao agir daquela forma?

Quando alguma coisa te vai mal, a primeira coisa que você lembra é que é dizimista. Quando você vê a Promessa indo embora o que você faz? O que acontecia ali é que Rebeca está vendo o tempo acabar.

Vivemos no tempo enquanto Deus existe na eternidade. O relógio não marca o tempo que está por vir, mas fala do tempo que se passou. Queremos que Deus faça agora, no nosso tempo. Devemos orar para saber o que Deus deseja de nós. A palavra de Deus se cumpriria de qualquer forma, mesmo Jacó sendo um vermezinho.

Mas sabe como tudo termina? Jacó teve que fugir de Siquém para Pada-arã. Voltando pelo mesmo caminho que o próprio Abraão passara anos atrás.

Leia: Gn 28:12-16

Jacó dormiu e viu anjos subindo e descendo. A ordem correta não deveria ser descer e descer? Aquele lugar é batizado como casa de Deus. Uma promessa de Deus para Jacó. Aquele lugar deixa de ser chamar Luz e passa a se chama Betel (casa de Deus). Porque na verdade Deus estava ali por causa de Jacó. Deus mudou o nome do lugar para Betel (casa de Deus) por causa dele. O nome de Jacó deveria ser Jacó Betel, porque ele era a habitação de Deus.

Gn 28:15. Deus está dizendo “não é o lugar é você”. Eu sou a casa de Deu. Nós somos o condomínio d’Ele. O condomínio não é fechado. Não era o lugar que era Betel, mas a vida de Jacó, o seu coração. Mesmo assim ele faz uma das piores orações da Bíblia, pedindo para Deus ir com ele.

Leia: Gn 28:20-21 – No verso 15 Deus já tinha dito que seria com ele. Durou mais de 20 anos para Jacó voltar. Imagina se Deus precisasse daquele dízimo? Muitas vezes temos a pretensão de querer dar alguma coisa para Deus. Minha relação com Deus não se baseia naquilo que eu posso dar a Ele. Eu não posso dar nada, mas Ele sim.

Leia Rm. 8: 26.

Na história de Jacó, o fato de ele não compreender o que Deus falara, o fez andar 2 mil quilômetros, foragido. Quando Jacó e Rebeca tentaram ajudar a Deus, e não tiveram disposição para esperar, isso fez Jacó andar por mais tempo. Lidar com o tempo é complicado para o homem, mas é essencial para a Promessa.

Moises, após 10 pragas saiu do Egito com o povo. Eles marcharam pelo deserto até parar diante do Mar Vermelho. De cima do monte, Moisés avista a poeira da guarda do Faraó. Moisés diz para Deus que aquela poeira era o exercito do Faraó contra eles. Deus diz: diga ao povo que marche. Avance. Muitas vezes não conseguimos enxergar o que Deus vê, isso nos faz parar e olhar para a situação ao redor. O medo paralisa o ser humano.

Ficamos noticiando a Deus, o tempo todo, tudo o que acontece. Deus diz: descansa. Temos mesmo que lembrar a Deus as promessas d’Ele sobre nós?

Jesus foi avisado em tempo hábil sobre a doença de Lazaro. Ele poderia ter chegado antes da morte, mas demorou 4 dias. Os judeus acreditavam que até 3 dias a alma do morto vagava pela Terra. Jesus chega e pede pra tirar a pedra do túmulo. O perfume de Lazaro já estava vencido pois se passara 3 dias.

A resposta de Jesus foi: Eu sou a ressurreição e a vida, ainda que morto voltará a viver. Jesus sabia o que estava fazendo e sabia da ressurreição do amigo.

Jesus, mesmo sabendo da ressurreição do amigo não faz uma grande festa. Ele chora. Deus não joga a corda pra você no fundo do poço. Ele desce até o fundo para subir com você. Ele veio e se tornou servo. Destituiu-se de Deus e tomou a forma de homem, solidarizando-se com todos os seus filhos. Deus se envolve com você.

Deus vai te buscar onde você estiver. Jacó não sabia como Deus trabalhava. Deus não veio para lamentar, mas para solidarizar-se. Ele não veio possuído de poder ou arrogância, mas ele chorou junto com os que choravam a morte de Lázaro. Ele está sempre perto.

Tem sofrimento que você não precisa sofrer. Tem gente que sofre porque fez o mal. Jacó teve que fazer uma caminhada de 2 mil km porque usurpou seu irmão. O sofrimento do mal você pode excluir da sua vida. O sofrimento do bem é válido, pregando a Palavra e anunciando o evangelho, muitas pessoas sofrem. Tem sofrimento que não vale a pena e que não precisa ser vivido. Os pecados têm consequências. Os seus erros terão volta, então sofra apenas isso.

Tem sofrimentos que eu preciso contar com o perdão. Também tem sofrimentos que eu conto com um galardão no final de tudo, com aplauso e honra do Senhor. Você pode escolher não sofrer mais pelo mal.

Em Gn. 29:25 – Jacó está na casa de Labão e trabalha 7 anos e depois mais 7 para ter sua esposa. Sofre Jacó e sofre Lia. Depois, em Gn. 29:30, 31 vemos dois malandros lutando entre si: Jacó e Labão. No capitulo 30 de Gênesis, versículo 38 e 39. Jacó começa a enganar Labão.

Leia Gn. 31:4 – 13

Pela primeira vez, Jacó reconhece que Deus era com ele. Ele entende que a Graça funciona o tempo todo. Porque se não fosse assim, Labão já teria o engolido há muito tempo. Não pare, Deus é fiel para cumprir cada promessa. Deus tem o tempo para fazer a sua obra na sua vida. Ele sempre está perto, com você no colo. É a graça de Deus.

Agora Deus se apresenta a Jacó como o Deus de Betel. Deus fala com você na língua que você entende, e sempre é contigo. Deus era com Jacó e não com o lugar. Deus precisava falar na língua de Jacó. Você está sofrendo hoje porque está tentando ajudar a Deus, como Jacó fez. Ele andou 2 mil km e sofreu nas mãos de Labão.

Jacó entendeu que Deus é Deus o tempo todo e todo o tempo está com ele. Entenda isso hoje também e pare de sofrer. Creia no Deus da Promessa e descanse nele.

Deus te abençoe.

Apóstolo Anselmo Valadão.

Publicar um comentário