Ainda não há comentários

Deus procura parceiros que façam sua vontade

Texto:

Hebreus 1:1-4

1 – Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,

2 – A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.

3 – O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;

4 – Feito tanto mais excelente do que os anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles.

Jesus pode tudo? Sim, Ele criou todas coisas pela sua palavra. Ele faz tudo? Não! Ele não responde as suas orações da forma como você gostaria. Ele pode fazer qualquer coisa, mas ele não fará isso só porque você quer. Deus faz somente o que deve fazer.

O homem quando pode fazer tudo, ele faz da sua forma. Se for dado ao homem o direito de matar, ele o faz. De tomar qualquer coisa, sem nenhuma penalidade, assim ele fará. A busca do homem é essa: poder fazer tudo.

Desde o início o homem vive assim. No jardim ele não podia comer de todas as árvores. Ele não se contentou com o quase tudo. Seu desejo é tudo. O autor de Hebreus nos revela que Deus pode tudo, mas não faz tudo. Deus faz apenas o que deve fazer. E uma das coisas que ele faz é sustentar todo o Universo (verso 3).

Jesus deveria sustentar o universo. O inanimado é fácil. Manter a pedra como pedra, água como água é simples. Contudo, Deus também sustenta o homem. Sendo ele livre e com direito de construir e destruir: ter livre arbítrio. Dentro das condições de liberdade criadas por Deus, este sustenta de forma harmônica. Mas como fazer isso se o homem é livre para construir ou destruir. Deus poderia ocupar todos os espaços, mas ele abriu mão do seu espaço para que você tivesse os seus direitos hoje.

Deus pode tudo, mas não faz tudo, apenas o que deve fazer. A questão é que ele cedeu espaço para nós. Esse ser se esvaziou, deixou a sua posição de Deus e tomou a posição de servo e veio como homem, na condição humana. Abriu mão das prerrogativas de Deus e amou esse mundo para que você tivesse liberdade de escolha.

Deus nunca abandonou você, mesmo que nós tenhamos feito isso. Às vezes queremos abrir mão da nossa liberdade, sem abrir mão da liberdade. Queremos que Deus tire a liberdade do outro, do assassino, do estuprador, do pecador. A partir daí podemos começar aquela velha discussão: se Deus é bom, porque os maus continuam fazendo essas barbáries. O conceito de bom de Deus é muito mais elevado do que o nosso. Se Deus fosse passar a foice em todos os maus, estaríamos todos perdidos, todos. Ninguém pode dizer que é bom. E nem temos condições de dizer ao outro que ele é mau.

Ele não apenas nos respeita, mas também aguarda que o homem volte para Ele. Deus poderia destruir ou salvar a Humanidade. Ele escolheu a segunda opção. Para isso, você precisa tomar a decisão de aceitar Jesus, como salvador. Para que você tivesse o direito de escolher, Jesus abriu mão da sua divindade.

Você pode questionar as coisas do mundo, mas as de Deus não. Se Deus destruir tudo o que é mau, não restará nada. Deus faz a sua vontade a partir de parceiros. Jesus nos ensinou isso. Deus procura parceiros para cumprir a vontade de Deus aqui na Terra. Jesus ensinou o homem a orar, ou melhor, por meio da oração a ter um estilo de vida, desvendando a dimensão onde o próprio Jesus vive. Quando você chegar a presença de Deus, em oração, diga: seja feita tua vontade, venha o teu reino. Deus procura essas pessoas que estão determinadas a buscar a vontade de Deus aqui na Terra. Para que Deus pudesse harmonizar a vontade dele, com a sua.

Quando oramos, queremos que Deus faça a nossa vontade e não a d’Ele. Pedimos misericórdia apenas para mim e não para todos. A vontade de Deus só pode ser feita, por Deus. Seria imposição? Não será, desde que eu saiba que minha vontade é igual a de Deus. Muitas pessoas querem que sua vontade seja feita, a qualquer custo.

Rubens Alves, em um de seus textos, disse que nunca se ouviu falar de um curso para aprender a ouvir, apenas para aprender a falar. Só queremos falar, impor minhas ideias, ter mais argumentos, apenas nossa vontade. Mas a vontade de Deus apenas se estabelece nesse mundo, com parceiros. Você é um parceiro de Deus?

É por isso que Jesus diz a samaritana que Deus está buscando parceiros, para orar a vontade de Deus e dizer que estamos falando a sua vontade. Se for por nós mesmos, a vontade de Deus não será estabelecida, a não ser que você devolva o direito de sua escolha. Apenas quando você devolve isso a ele é Ele que faz prevalecer à vontade d’Ele. Apenas o homem pode fazer a oração do Pai Nosso. Deus tem o dever de assumir e sustentar todas as coisas e ele busca parceiros para isso.

O primeiro parceiro de Deus foi Jesus. Ele abriu espaço para trazer salvação para toda a Humanidade e para que fosse estabelecido o Reino de Deus. Jesus foi o primeiro a orar dizendo que deveríamos deixar que a vontade de Deus fosse feita, em todos os lugares. E Deus continua buscando os parceiros que querem participar disso e estabelecer a vontade de Deus nesse mundo.

Deus primeiro usa o primeiro filhos de Adão: Enos para restaurar o culto e adoração a Deus. Deus usa Moisés pra libertar seu povo. Abrão, no meio de um povo idólatra busca ao Senhor, em seguida os profetas até Jesus, quando o Reino de Deus foi estabelecido. O dever da Igreja é que a vontade de Deus seja estabelecida e não a dela. Muitas vezes, o meu grito não tem sido atendido porque apenas grito por futilidades ou interesses pessoais. Se pedirmos a vontade de Deus tudo ficará mais fácil. Orar é clamar pela vontade de Deus.

Elias, num momento critico da sua vida pediu pra morrer, justificando que estava sozinho. Ele estava enganado. Existiam mais 7000 homens buscando ao Senhor naquele tempo, escondidos, mas conhecidos pelo Senhor. A parceria começa assim: deixar sua vontade de lado.

Deus esta sempre esperando que as pessoas cheguem a ele, para que tudo seja mais fácil de ser sustentado por Ele. Alinhar a sua vontade com o coração de Deus é saber que tudo será acrescentado a você. Por que você deve se casar, ter filhos e ser prospero? Será que essa sua vontade se alinha com a vontade de Deus?

Pedro diz que podemos acelerar a volta de Jesus. Como? Como faremos isso? Você pode adiantar a volta de Jesus, fazendo sua vontade e estabelecendo o reino de Deus. O tempo é você que faz. Eu sou refém do tempo, mas Deus não. Para Deus não existe o ontem, hoje ou amanha. Nos estamos no tempo, mas Ele vive de Eternidade a Eternidade. Não existe nenhum calendário maia ou Nostradamus que o faça. Apenas a igreja, ao cumprir a vontade de Deus é que pode adiantar a volta dele.

A igreja de Atos era uma parceira de Deus, que buscava a vontade dEle. Eles eram incessantes no trabalho de juntar os parceiros e fazer a vontade de Deus. No livro de Hebreus, lemos sobre pessoas que o mundo não era digno de receber, porque estavam alinhados com Deus. Deus nos deu todo o direito de comprar tudo, mas queremos apenas usufruir. Queremos o jardim, apenas atrás do nosso muro, nos nossos limites e nos recusamos a construir um jardim para o próximo. Não queremos que os outros seja ajudados, apenas nos mesmos. Você tem orado a sua vontade ou a de Deus?

Pense nisso. Deus te abençoe

Apóstolo Anselmo Valadão

Publicar um comentário