Ainda não há comentários

Haviam duas árvores no jardim.

Texto: Gênesis 2:8-17.
8 – E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, do lado oriental; e pôs ali o homem que tinha formado.
9 – E o SENHOR Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida; e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal.
10 – E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços.
11 – O nome do primeiro é Pisom; este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro.
12 – E o ouro dessa terra é bom; ali há o bdélio, e a pedra sardônica.
13 – E o nome do segundo rio é Giom; este é o que rodeia toda a terra de Cuxe.
14 – E o nome do terceiro rio é Tigre; este é o que vai para o lado oriental da Assíria; e o quarto rio é o Eufrates.
15 – E tomou o SENHOR Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.
16 – E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,
17 – Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.

A Bíblia não foi escrita para provar a existência de Deus, mas para orientar aqueles que crêem n’Ele. A Bíblia te ensina a viver. Seus escritos são para a orientação daqueles que viveram naquela época. Portanto, como entender a Bíblia nos dias de hoje? Ao escreve o livro de Gênesis, Moisés não imaginava que num futuro distante, a Bíblia seria lida por brasileiros, chineses, russos, americanos e tantas outras pessoas.

Num tempo em que existiam tantos deuses disputando o coração do homem, Moisés queria dizer: Deus fez o mundo e para cuidar dele, criou um ser inteligente, dotado de habilidade e liberdade para usufruir deste planeta. Mas o que o homem fez com o mundo que Deus criou?

Qual a explicação para tanta dor ao gerar uma vida? Por que alguns lugares o excesso de chuvas causa destruição, enquanto em outros, a falta delas causa morte? Como pode existir tantas adversidades num único Planeta?

O que Moisés está dizendo é que nem sempre as coisas foram assim. Ele descreve um lugar onde tudo era perfeito, tudo funcionava perfeitamente. Um lugar onde Deus visitava o homem ao final de cada dia e tinha comunhão com ele. Contudo, um lugar onde podemos avistar duas árvores no meio do jardim.

Provérbios 8:35,36

35 – Porque o que me achar, achará a vida, e alcançará o favor do SENHOR.
36 – Mas o que pecar contra mim violentará a sua própria alma; todos os que me odeiam amam a morte.

A árvore de vida é SABEDORIA. O que acontece atualmente é conseqüência de um todo. Desde a origem, a natureza do homem é ser intolerante. Somos mestres da agressão, em nome dos próprios interesses. O mundo é hoje o que é, porque o homem não sabe pensar no outro, mas é o tempo todo individualista. Deus deu ao homem a responsabilidade de cuidar do planeta e isso inclui as pessoas que nele vivem.

Leia: Provérbios 3:3-8

C.S. Lewis diz que não há felicidade sem Deus. Sem Deus, o homem se torna um miserável. Se Deus é AMOR, não da para experimentar a plenitude da vida em meio ao ódio. Apenas em Deus e com Deus podemos viver o melhor dessa vida.

Algumas pessoas vivem como o comandante que ao avistar uma luz a frente da sua embarcação, dá ordem ao oficial que mande uma mensagem a outra embarcação para que navegue onze graus ao Sul. A outra “embarcação” por sua vez pede que o navio navegue dez graus ao Norte. O comandante não entende e em meio a ameaças reforça a ordem de navegar a onze graus ao Sul. Por fim a mensagem da outra “embarcação” é: navegue dez graus ao Norte porque isso aqui é um FAROL.

Ou você obedece à orientação de Deus ou como aquele navio, pode ter sua embarcação destruída. Deus não se move pelo seu próprio esforço. Não tente medir forças com Deus. Use a SABEDORIA e obedeça a Ele.

O ser humano é como um ventilador que ao ser tirado da tomada, não pára de uma vez, mas a energia residual, a inércia permite que ele continue rodando, numa velocidade cada vez menor até parar totalmente. Você não tem vida em si mesmo. Você precisa estar ligado a Deus para produzir movimento. Depender de Deus não é sinal de fraqueza, mas de humanidade.

Você deve escolher a árvore da vida, que dá sabedoria, pois quem rejeita a sabedoria, ama a morte. Em outras palavras, há duas árvores na sua vida hoje. A árvore da vida e da morte. Você deve escolher uma delas. A decisão é sua. Se a humanidade perder a referência de Deus, ela perderá a referência do próximo e tudo ao seu redor. Quando perdemos a referência de Deus, nos tornamos destruidores.

Leia: Salmos capítulo 15.

As duas árvores estão aqui. De qual delas você irá se alimentar? Qual fruto irá saciar sua fome? O fruto da árvore da vida ou da morte? Você decide.

Leia: Salmos 37:3-9.

3 – Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.
4 – Deleita-te também no SENHOR, e te concederá os desejos do teu coração.
5 – Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará.
6 – E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.
7 – Descansa no SENHOR, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.
8 – Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes de forma alguma para fazer o mal.
9 – Porque os malfeitores serão desarraigados; mas aqueles que esperam no SENHOR herdarão a terra.

O mundo que vemos hoje, repleto de guerras, fome e destruição não foi sempre assim. A Bíblia nos relato um lugar diferente. Entretanto, como um ventilador, apenas quando Deus (energia) entra em nossa vida, podemos funcionar corretamente, cumprindo a finalidade de nossa existência: adorar a Deus e servi-lo sempre.

Deus abençoe a todos.

Apóstolo Anselmo Valadão.

Publicar um comentário