Ainda não há comentários

Nossa esperança responde por um nome: RESSURREIÇÃO.

Texto bíblico: Atos cap. 17.

A tradição judaica não era conhecida, naquele tempo, pelos gregos. Estes não apoiavam sua religião em Abraão, Moisés ou outro personagem bíblico. Por causa disso, Paulo não inicia seu discurso falando dos ensinamentos judaicos. A espiritualidade dos dias atuais é muito próxima da dos gregos e Paulo resolve ir até a Grécia para dizer que a revelação de Deus se dá na tradição judaica e não na religião grega. Nossa fé está mais próxima dos gregos do que dos hebreus.

Leia Atos 17:22.

Com muita sabedoria, Paulo inicia o diálogo colocando-se no lugar do outro. Para isso ele cita os fatos da história dos gregos. Ele não era um ignorante. A conversa ia bem até que Paulo diz que Deus iria julgar o mundo. Os gregos discordam. Paulo insiste e explica que Deus fará isso por meio de um homem, que morreria, mas venceria a morte. Os gregos resolvem encerrar o diálogo. O apóstolo então diz: se não cremos na ressurreição, nossa fé é vã.

Segundo os gregos, o ser humano é um espírito que habita num corpo. Este é matéria, mortal e sujo. O espírito, por sua vez é nobre. Platão, um dos filósofos gregos que o espírito tende ao divino. Ele dizia que Deus seria uma dimensão e não uma matéria. O corpo é a prisão do espírito e o corpo e o corpo não tem importância.

Na linguagem evangélica, o corpo quer comer pizza, mas o espírito quer ler a Bíblia. O corpo quer sexo e o espírito quer culto. O corpo a Terra e o espírito o Céu.

Jesus é o LOGOS que se fez carne. A carne não se mistura com o que é bom. A carne é má e ruim enquanto o espírito é nobre. Todos achavam loucura Paulo dizer que Jesus era Deus. Jesus morreu e para os gregos deus não morre. Jesus ressuscitou. Para eles se o espírito teve oportunidade de sair do corpo não haveria razões para retornar.

Esta é a questão. O ser humano é um espírito que habita um corpo, mas achamos que o ser humano é um ser indivisível. O ser humano é a unidade entre espírito e corpo. O espírito separado do corpo não é um ser humano, da mesma forma o corpo separado do espírito.

Platão dizia que a Reencarnação é uma fase em que a antiga vida era reprovada e a pessoa recebia uma nova oportunidade, voltando como outra pessoa. Paulo diz o seguinte: Corpo ao pó e espírito a Deus, que o criou. No céu não existem gasparzinhos, ou seja, teremos corpo. Deus quer me salvar do jeito que você é. Se você não gosta do seu corpo é melhor se acostumar com o fato, porque Deus te fez assim.

Você não é uma substancial impessoal. A teoria grega não está certa e não está mesmo. Deus deseja salvar o Anselmo assim. Ele diz pra mim assim: você é este Anselmo e quero salvar você assim. Ele não reprovará você. Não sou Henrique ou Paulo, sou o Anselmo que precisa ser salvo.

Deus é uma pessoa e se relaciona com pessoas. O nome do jogo de Deus não se chama substituição, mas remissão. Deus não vai trocar você por outro e vai emitir um carimbo de reprovação. Deus quer redimir e salvar você. É como aquele fusquinha 68, que dirigindo perto de uma carreta, sente o vento da velocidade da mesma, mas sobrevive. Você leva o fusca pra consertar, mesmo recebendo um Civic em troca. Você rejeita o novo. Prefere o antigo, depois de restaurado. Deus faz o mesmo: prefere a restauração. Não escolhe o novo, o zero quilometro, que veio reencarnado.

Deus não quer outra pessoa. Ele deseja restaurar você. E fazer de você uma pessoa especial. Chamamos isso de metafísica, diferente da dos gregos. Tem gente que acumula e nunca se satisfaz com o que tem. Querem substituir tudo.

Quando você chega na sala do trono, você não pode chegar lá sem corpo ou dispensar o seu espírito. Não pode dizer ao seu espírito, volte como Paulo ou Henrique. Como fica o Anselmo? Eu não gostei e amassei. Não é assim que funciona.

Minha esperança responde por um nome: ressurreição. Não jogue fora nenhuma das partes. Para Deus, tem esperança para você ainda. Você responde por uma outra identidade e não por uma multiplicidade delas. Algumas pessoas não entendem as diferenças do pensamento grego e cristão. Tem gente pensando como os gregos, achando que depois da morte não há serventia para o corpo. Não é assim que funciona. Eu nasci como Anselmo, morrerei como Anselmo e serei salvo como Anselmo. O que você é, é para sempre.

Deus, colocamos agora diante de Ti nossos cadáveres que necessitam da sua ressurreição. Visita nossa história, nossos relacionamentos, o mundo escuro dentro de nós trazendo a sua luz que revela tudo. Desejamos aprender a viver no teu melhor. Ouça o nosso clamor e restaura, ressuscita o que está morte, para a sua glória, em nome de Jesus amém. A mensagem de Jesus é que Deus nos leva em vida para a vida.

Deus abençoe a todos.

Apóstolo Anselmo Valadão.

Publicar um comentário