Ainda não há comentários

Quando a igreja se reúne.

Texto Bíblico: Atos 14:8-20

O escritor do livro de Atos é Lucas. Este discípulo tem uma particularidade. Era um médico. Pra aquele tempo, assim como hoje, poderíamos considerá-lo um homem que estudou muito para exercer a profissão. Mesmo assim, ele não cita detalhes do ocorrido.

Lucas 3:1 ele descreve esta passagem como se fosse do conhecimento de todos. Quando ele fala da perseguição da igreja, omite alguns detalhes, falando sempre entre linhas. Após a morte de Estevão, a igreja sofreu perseguição. A igreja dos que seguiam a Jesus, junto com Estevão foi perseguida e massacrada. Ao lado de Tiago e outros apóstolos, a igreja considerada como uma variação do judaísmo foi mais poupada.

Paulo, ao se converter, passa a fazer parte destes que acompanhava Estevão. O milagre do capítulo 14 é algo importante que deve ser revisto. Deus arruma todo o sistema nervoso e a estrutura óssea daquele paralítico. Ele coloca este homem de pé. Sozinho, aquele homem volta a andar. Não foi preciso a ajuda de nenhum médico.

Quando o povo viu o ocorrido, olharam para Paulo e Barnabé sem entender nada. Apenas deuses poderiam fazer algo assim. O povo achava que eles poderiam ser Zeus e Hermes, em outras versões Mercúrio e Júpiter. O povo chega a querer adorá-los com sacrifícios, mas eles se descrevem como homens simples e normais.

Após este momento, os judeus de Antioquia e Icônio surgem querendo apedrejar Paulo. A multidão não mais os via como deuses. A morte por apedrejamento era um dos piores castigos. Para que a pessoa não fugisse, usavam primeiramente as pedras grandes a fim de atordoar a vítima. Por último, soterravam a vítima com pedras menores. Após a morte, eles arrastavam o cadáver para fora da cidade para ser comido por aves e outros animais. Paulo estava em uma situação difícil, com seu corpo machucado e deformado. O apedrejamento era algo horrível de ser ver, um dos piores tipos de morte.

Uma multidão que antes o considerava deus é a mesma multidão que tenta matá-lo com pedras. Eles acreditavam que os deuses estavam entre eles. Que tipo de discurso foi feito par que a multidão mudasse de ideia? Apesar do milagre do paralitico, o maior milagre estava prestes a acontecer. Paulo se levanta e entra na cidade de novo.

Onde estão os detalhes? Ele não estava morto? Como ressuscitou? Não temos detalhes de como tudo aconteceu. Ele apenas se levantou e entrou na cidade, como se nada tivesse acontecido. Lucas não descreve detalhes. Mesmo assim, Lucas nos deixa uma mensagem.

Ele não fala do milagre de cura ou da ressurreição. Isso é de conhecimento de todos.
A mensagem que ele tem para proclamar é sobre o poder de pessoas que se reúnem ao redor de algo. Em outras palavras ele escreve: a morte pode ser vencida. Se a igreja reunir em volta de alguma coisa, tudo acontece. A igreja reuniu-se ao redor de Paulo que estava morto e Ele se levantou da morte. A Bíblia diz que onde dois ou três estiverem reunidos, Deus estará no meio deles. A oração do justo pode muito em seus efeitos.

A morte não prevalecer diante da unidade da igreja. Quem tem discípulos, não fica sozinho. Se todos estiverem orando um pelo outro, tudo poderá ser conquistado. Quando esta igreja se reúne em volta de qualquer problema não tem nada que não seja solucionado. A igreja que se reúne tem muito poder. Fazer parte desta igreja, reunir com outras pessoas. nos garante solução para os problemas. Foi assim com Josué. Quando nos reunimos ao redor dos problemas, as coisas acontecem.

Lucas, como médico poderia falar de detalhes da anatomia de Paulo, mas ele prefere falar do poder da união da igreja quando esta ora.

Paulo, depois que se levantou da morte voltou para o mesmo povo que o matou, que o arrastou para fora da cidade. Ele não quis perder a oportunidade de abençoar aquele povo. Paulo caminha em direção àquela cidade, novamente. Ele dorme naquela cidade. No dia seguinte vai para Antioquia, o mesmo povo que estimulou as pessoas daquela cidade a persegui-lo.

Jesus diz que a luz deve brilhar para mostrar o caminho para os perdidos. Muitos de nós teríamos fugido daquele lugar. Por que dar oportunidade ao azar e entrar novamente na cidade. Lucas se esqueceu de dizer que as pedras eram de isopor? Mas como justificar o lugar cheio de sangue. Quando a igreja se reúne, os milagres acontecem.

Uma igreja de atos prega o evangelho mesmo para aqueles que os ofendem. Eles ganham muitas vidas, apesar dos problemas. A igreja de atos deve anunciar as boas novas, o tempo todo. (verso 21).

Somo uma Igreja de atos, não de comodismo, mas de amor, de perdão: dar e receber. Paulo aprendeu isso com Estevão quando este estava sendo apedrejado e então disse: não impute a eles este pecado. Da mesma forma, Jesus falou: eles não sabe o que fazem.

Devemos ser a igreja que se reúne. Uns com outros e ao redor dos outros. Independente da situação, o milagre está prestes a acontecer. A morte será vencida e todos experimentarão a ressurreição.

 

Ap. Anselmo Valadão

29.01.2012

Publicar um comentário