Ainda não há comentários

Korban – O princípio da Honra

Korban – O princípio da Honra

Honrar pai e mãe. É o primeiro mandamento com promessa e é sobre isso que falaremos. A honra é algo presente na vida de cada filho de Deus. Pais não se referem apenas aos genitores, mas também aos mentores. A honra dá direito à promessa. O caráter de Deus é a honra.

Não seguimos alguém por aquilo que ele tem, mas por aquilo que ele é. Seguimos a Deus por honra. Seguimos ao “Eu Sou”. Foi assim que se Deus se manifestou a Moisés. Faraó era aquele que tinha, enquanto que Deus era Aquele que é (presente). Honra significa descobrir que vale a pena a caminhada juntos.

Um princípio não se discute ou se questiona. Nossa contribuição na vida do outro irá derramar a essência em sua vida. O “Eu Sou” é o princípio de tudo. É o princípio e o fim.

Como somos criaturas suas, também devemos ser pequenos “eu sou”. Quando somos egoístas estamos afirmando que o “Eu Sou” não tem lugar em nossa vida.

A gratidão é o princípio de honra e este princípio abre portas para o seu crescimento. Dizer obrigado é honrar as pessoas pelos seus atos. Não podemos ter uma vida espiritual sozinhos. A honra é como uma semente que precisa de terreno fértil para crescer. Quando levamos a Honra a sério, somos responsáveis por criar um ambiente onde a mesma possa crescer e amadurecer.

Podemos escolher amigos, livros, arte, músicas, lugares para visitar e até igrejas. Estas escolhas irão determinar o quanto a Honra, a semente de mostarda plantando por Deus em nós irá crescer e atingir as dimensões de uma grande planta. O Senhor ama um coração agradecido. A Honra é uma semente de mostarda.

(Leia Hebreus 3:12-14) – (Leia Hebreus 10:24,25)

Eu não sigo o “eu tenho”. Sigo o “Eu Sou”. Seguir o “Eu Sou” é um comando de Honra. A Honra é uma essência divina. Se não tivermos a honra não temos a essência de Deus. Honrar a Deus é dar um passo em sua direção. Estar aqui, hoje, é um passo de honra.

Quem deseja experimentar Deus tem que andar perto de gente que anda com Deus. As pessoas íntimas de Deus nos ajuda a colocar Deus no foco. Primeiro seguimos os passos dos íntimos de deus até que aos poucos seguimos os Seus passos. Foi esta a recomendação de Paulo a nos dizer que devemos ser seus imitadores (Leia I Co. 11:1; Ef. 5:1)

Primeiro você imita Paulo que imita Cristo que imita Deus. Depois você imita Cristo que imita Deus, até o dia em que estará face a face com o próprio Deus. O seu caminho só será um caminho de honra se for a direção do “Eu Sou” e não do “eu tenho”.

Seja você mesmo. Pedro fez algo reprovável, mas seu erro foi um incidente e não uma prática constante. Ele fugiu, mas não era um homem covarde. Há uma grande diferença entre o que uma pessoa é e o que uma pessoa faz, desde que o fazer não seja um padrão de comportamento. Uma coisa é mentir, outra coisa é ser mentiroso. Uma coisa é não dividir o sorvete, outra coisa é ser egoísta. Uma coisa é socorrer o aflito, outra coisa é ser compassivo.

Os atos dizem muito pouco quando não expressam uma natureza. Por isso Jesus iniciou o Sermão do Monte com as bem-aventuranças, descrevendo seus discípulos em termos do que são e não do que fazem. Eles devem ser misericordiosos, pacificadores, puros de coração. Mais importa o que você é do que o que você faz. Seja como Cristo, servo de todos, o tempo todo.

Dê honra a Deus. Todos temos um gigante para vencer, assim como Davi. Sem o Golias, você encontrará um Davi assassino, mentiroso, adúltero. Os gigantes surgem em nossas vidas para forjar um coração de Davi em nós. Um coração segundo o coração de Deus.

Quando Paulo pedir para Deus tirar o espinho da sua carne, recebeu um não. O que Paulo e Davi precisavam era mais de Deus.

Você só terá o que nunca teve, quando fizer o que nunca fez. Honre e terá honra. Você é um líder de honra. Hoje, Deus vai arrancar o que não é necessário em sua vida e vai plantar um jardim de honra em seu coração. Por causa disso, o Korban deve ser entendido. Korban é sacrifício de honra. Ofereça a Deus um sacrifício. Honrar a qualquer pessoa é um sacrifício.

A honra que não suporta a prova não é HONRA. A tua decisão determina o teu futuro. Decida honrar.

Korban é sacrifício. Ninguém honra sem sacrifício. Estar aqui, agora, e uma atitude de honra.

Bem-vindo ao Korban.Você está aprovado.

Apóstolo Anselmo Valadão
11/03

Os comentários estão fechados.