Ainda não há comentários

Tempo de grandes oportunidades.

Texto bíblico: I Coríntios 11: 17-34

Algumas vezes você já se perguntou o que veio fazer neste lugar chamado Igreja? Qual é o seu compromisso com esse momento? Por que você freqüenta o culto de quarta-feira? E as células? Para adorar? O que fazemos aqui vai além da adoração e comunhão com os irmãos. Além do ouvir a Palavra, receber uma oração, participar da comunhão com os lideres e liderados. É infinitamente maior que tudo isso.

Você precisa estar aqui hoje, no derramar do seu coração, na presença de Deus. Você veio para orar, adorar, ler a Bíblia e fazer tantas outras coisas, mas o principal de tudo isso é o quebrantar do seu coração, enquanto você entra na presença de Deus. Não importa o que se encontra no seu coração, seja ansiedade ou tristeza, ao sair daqui você o fará com alegria, convicções e necessidades supridas, que realizam sua vida. Pessoas entram angustiadas e saem curadas, transformadas.

É momento de você se entregar a Deus e sair diferente de como entrou. Estamos aqui para um experiência com Deus e aquele que vem ao Senhor, de maneira algum ele o lançará fora, tampouco voltará de mãos vazias. É momento de mudança que completa todo o seu ser. Você pode ter vindo aqui para cantar, se alegrar, mas muitas vezes pode confundir a voz do apóstolo como sendo a de Deus ou apenas ouvir sua voz e não a de Deus. Tem tanta gente presente neste lugar, que às vezes algumas não percebem Deus, não o sentem. Mas ele também veio. Está aqui (Amém).

Hoje você tem a oportunidade de mudar. Se você sai da sua casa, precisa sair dela com um objetivo. Não perca essa oportunidade. (Conta-se a história de um homem que resmungava o tempo todo contra Deus. Achava que Deus o havia esquecido e por causa disso nada dava certo, era um azarão. Até o dia em ele resolve procurar Deus e indagá-lo o porquê dessa situação. Vou focar em algo: encontrar Deus e perguntar o que está acontecendo.

Na procura de Deus ele primeiro encontrou um lobo fétido, magro, caindo os pelos e a beira da morte que lhe perguntou: onde você está indo? O homem respondeu: não tenho tempo para você. Estou procurando Deus para saber o porquê da minha vida. O lobo pediu para que ele fizesse a pergunta sobre a vida dele também. O homem continuou seguindo. Passando perto de uma árvore feia, seca, sem vida, num lugar árido ela fez a mesma pergunta: onde você está indo, homem? Estou procurando Deus para saber porque ele não deixa nada de bom acontecer comigo. Que bom, pergunta pra ele porque estou tão seca, não tenho folhas ou frutos? Continuando a caminhada, encontrou um castelo onde uma princesa, na janela chorava e que lhe pergunta porque ela não consegue se casar, ter um marido? Muito distante ele vê uma luz e se aproxima dela. A voz de Deus se manifesta a ele perguntando o que ele veio fazer.

Por que eu sou tão azarão? Por que não tenho oportunidade na vida? Deus então o responde dizendo: “A partir de hoje te darei grandes oportunidades”

No caminho pra cá encontrei uma princesa linda, e me perguntou quase a mesma coisa. O que falo para ela? Diga que ainda hoje ela encontrará o grande amor da vida dela.

E quanto à árvore? No tempo de guerra alguém pegou um grande tesouro e enterrou em suas raízes. Os gases liberados do tesouro impedem que ela tenha folhas e frutos. Alguém precisa tirá-lo.

E o que eu digo para o lobo?

Diga para deixar de ser lento e desatento, diga para correr atrás da sua caça.

Voltando pra casa, encontrou-se com a princesa disse o que Deus havia falado. Ela pediu pra ele entrar, mas ele recusou dizendo que estava ocupado demais para encontrar grandes oportunidades. Respondeu à arvore que o pediu para tirar o tesouro, mas também não o fez porque estava ocupado demais procurando oportunidades. Quando se encontrou com o lobo e disse o que Deus o havia falado, o lobo aproveitou a oportunidade e devorou o homem).

O tempo todo Deus está lhe dá oportunidades, mas você fica desatento, outra pessoa aproveitará esse momento e o “lobo” poderá devorar você. Paulo, no contexto de I Coríntios diz que você pode ter entrado cheio de dúvidas e sair com certezas, entrado coom doenças e sair curado. Pode procurar oportunidades e encontrá-las aqui.

Aquela mulher, que sofria há 12 anos com fluxo de sangue, depois de gastar todo o seu dinheiro ouve falar de Jesus e decide pelo menos tocar na orla de suas vestes. Jesus pára e procura quem o tocara. Pedro diz: Mestre são inúmeras pessoas te tocando, uma multidão. Eu sei que alguém o fez porque de mim saiu virtude. Aquela mulher percebeu a oportunidade, assim como Jesus percebeu que dele havia saído virtude. Porém Pedro, na presença de tudo aquilo, não percebeu nada.

Você pode não ter percebido nada neste dia, porque você se deixou levar por um lobo. O Senhor está fazendo milagres e d’Ele saindo virtudes. Basta você crer. Você pode reclamar do som, do vizinho que conversa, da criança que corre pelo tempo.

Paulo, no momento da Ceia, da intimidade com o Senhor, diz para a igreja em Corinto que eles estavam se ajuntando para pior e não para melhor. Enquanto Deus entrega palavras na mensagem, no louvor, na Adoração, pessoas usam celular, acessam orkut e jogam durante o culto. A tua escolha de estar aqui é uma grande oportunidade, para buscar o maná pra toda a sua semana. Precisa descobrir o poder do shabat – dia de buscar a presença de Deus. Muitos entendem como uma catedral dentro do tempo. Quando entendemos esse dia, como sendo o melhor para se ter comunhão com Deus, entendemos o que o sexto dia, quando foi criado o homem deveria ser tempo de adoração. Deus o criou no final da tarde do sexto dia, para que a primeira coisa a ser feita pelo homem fosse ADORAR A DEUS. O homem não teria tempo para fazer outra coisa a não ser adorar, no sétimo dia, no sábado, no shabat.

Vamos fazer todos os dias como um dia de shabat. O versículo 29 – descreve o dia de hoje como sendo o pior dia da sua vida. Pode ser um dia de juízo, de morte, de enfermidade. Sua participação pode ser muito ruim. Paulo diz que tem pessoas que recebem a disciplina de Deus (muitos fracos e doentes e não poucos os que dormem no meio de vós). Por que isso tudo? Porque falta discernimento do momento. Para saber o que você está fazendo aqui. Hoje você pode mudar sua vida radicalmente, depende de você. E o intuito de tudo feito aqui é para melhorar sua vida.

Alguns crentes pegam esse pão e vinho e não tem consciência do que está fazendo. Estão manipulando nitroglicerina, que pode explodir. Qualquer movimento brusco ou alteração de temperatura pode causar uma explosão, ou seja, morte.

Não somos uma igreja de símbolos. Isto aqui é uma realidade em símbolos. Não são apenas símbolos, é tudo real. Não apenas um suco de uva, um pedaço de pão, é verdadeiro, é a razão do cristianismo. Não zombe do momento. Examine-se a si mesmo, diz a Palavra. Paulo está orientando que cada crente examine a si mesmo e não ao outro. Perdemos tempo observando o outro. Você precisa saber o que você está fazendo.

Paulo diz que você deve examinar-se a si mesmo e comer o pão e beber o vinho. Não está restringindo a ceia, nem proibindo de participar da mesma, mas que você tenha consciência do que está fazendo. Pense e depois coma.

Se confessarmos os vossos pecados ele é fiel e justo para vos purificar de toda injustiça. Não somos uma igreja de costumes evangélicos mas de consciência evangélica. Não é pelo seu comer, beber ou vestir que faz você um crente. É por quem você é. Fazemos parte da Igreja de atos. Que você tenha essa consciência: de quem você é e o que está fazendo aqui. Busque discernimento.

Apóstolo Anselmo Valadão.

Publicar um comentário